Acesse a
extranet

Menu

Notícias

15 de março de 2018

“Só vale à pena estar na política para lutar por uma sociedade mais humana e igualitária”, afirma Eu

Eunício recebe homenagem das mãos de membros da ACLJ

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), foi homenageado nesta quinta-feira (14) com o título de "Homen do Ano no Ceará em 2017". A comenda foi outorgada pela Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, em solenidade realizada no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Eunício foi agraciado por seu papel à frente do Senado Federal e do Congresso Nacional, bem como pela atuação política em defesa do Ceará, marcara pela liberação de recursos e programas que beneficiam a população. A data da entrega coincidiu com o último dia de sessão deliberativa no Senado, em que o parlamentar fez um balanço do seu primeiro ano no comando do Congresso Nacional.

Ao agradecer pela honraria, Eunício reafirmou o compromisso com o desenvolvimento econômico voltado para a redução das desigualdades no Brasil e no Ceará. Ele anunciou que o Senado economizou mais de R$ 203 milhões do orçamento de 2017, valores que serão devolvidos ao Executivo para aplicação em áreas sociais, com a educação e a saúde.

Eunício ainda fez um relato sobre as parcerias que tem firmado com o Governo do Estado e com as prefeituras cearenses, sem discriminação partidária, objetivando dar condições aos gestores de ofertar serviços públicos de qualidade. Ele citou como exemplo a complementação do custeio do Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, que terá a partir de agora repasses de R$ 65 milhões. 

"A política é um instrumento para devolver à sociedade aquilo que ela anseia. E mesmo com toda a crise e por mais defeitos que tenha, não há regime melhor que a democracia. Só vale estar na política se puder fazer os enfrentamentos necessários a uma sociedade mais igualitária e mais humana", declarou Eunício.

O presidente da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, Reginaldo Vasconcelos, fez a saudação ao homenageado destacando a história de vida de Eunício, marcada pela superação. Ele citou a trajetória do menino que deixou a cidade natal ainda muito jovem para estudar e trabalhar na Capital. Para ele, o senador é um exemplo de perseverança e obstinação.

"Para concorrer ao título de Homem do Ano, foram propostos nomes de cientistas e de atores, de literatos e poetas, de artistas e repórteres, de magistrados e juristas, homens e mulheres cearenses que se destacaram ao longo de 2017. Mas a escolha recaiu sobre um dos maiores políticos do Brasil, porque este poderá trabalhar, em sua ação republicana, no âmbito local e nacional, para estimular as artes, fomentar as ciências, promover a educação, incentivar a cultura, aprimorar as leis e corrigir a morosidade da Justiça. É nisso que confiamos, e é isso que esperamos", destacou.

O acadêmico Rui Martinhos Rodrigues, que abriu a solenidade, destacou a grande satisfação de poder cumprir o papel de promover as letras e as artes, homenageando figuras que batalham pelo Ceará. Ele destacou o empenho de Eunício em, mesmo presidindo o Poder Legislativo Nacional, colocar os interesses do Ceará como prioridade.

Já o acadêmico Batista de Lima, filho de Lavras da Mangabeira e conterrâneo de Eunício, confessou orgulho de corroborar com a homenagem ao cearense que se destaca na política nacional. Ao enumerar uma série de lavrenses que ocupam posição de relevo na política cearense e nacional, ele ressaltou que Eunício é o único que ocupou a presidência da República.

O acadêmico Arnaldo Santos, presidente da comissão organizadora do concurso, fez um relato sobre a história do Senado, para realçar o quão importante é a função de Eunício. Ele ressaltou a relevância da defesa dos princípios democráticos em uma sociedade como a brasileira, que está vivendo tempos de intolerância.

Compuseram ainda a mesa diretora da solenidade os acadêmicos Paulo César Norões, Igor Queiroz, Beto Studart, o ex-ministro do Tribunal de Contas da União, Ubiratam Aguiar, e o deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB). Também prestigiaram o evento personalidades como os deputados federais Moses Rodrigues e Mário Feitosa, deputados estaduais Leonardo Araújo, Gony Arruda e Tomaz Figueiredo, o vereador de Fortaleza Casimiro Neto e o jurista Roberto Martins Rodrigues, que foi bastante ovacionado.
Instagram