Acesse a
extranet

Menu

Notícias

7 de abril de 2018

Eunício e Camilo debatem possibilidades para investimentos japoneses no Ceará

Estreitar os laços comerciais entre o Japão e o Ceará, demostrando as potencialidades do estado frente aos desafios do mercado internacional. Esse foi o objetivo do Seminário “ZPE Ceará e as Oportunidades de Investimentos no Estado, realizado na tarde desta sexta-feira (6), no Palácio da Abolição. O encontro foi comandado pelo presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB), pelo governador Camilo Santana e pelo embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada.

Participaram do seminário empresários integrantes da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa no Brasil, que conheceram detalhes sobre a estrutura, economia, situação fiscal, cobertura social e ambiente de negócios do Ceará. A ideia do encontro surgiu quando Eunício recebeu o embaixador japonês em Brasília, e o convidou para conhecer o Ceará, de modo a abrir um canal para o surgimento de novas parcerias.

“Queremos voltar a ser o destino preferencial dos empreendimentos japoneses. E que, particularmente, o Ceará torne-se a referência prioritária para esses investimentos. Nossa tarefa é fazer com que acordos se multiplicarem. E isso ocorrerá com o aprofundamento de nossas relações comerciais, culturais e diplomáticas. Com respeito, diálogo e paz”, declarou Eunício. 

O presidente do Congresso ressaltou o histórico de parceria entre o Brasil e o Japão, citando o exemplo da criação do modelo de TV Digital nipônico- brasileiro adotado quanto foi ministro das Comunicações: “Nesse quadro de retomada econômica, a Zona de Processamento de Exportação, situada no Complexo Industrial do Pecém e próxima ao porto, surge como excelente oportunidade de negócios, como as senhoras e os senhores terão a oportunidade de comprovar”. 

Camilo Santana enalteceu a localização geográfica do Ceará que o coloca em posição estratégica em relação aos demais continentes. Citou ainda a criação dos centros de conexões aéreas, portuárias e de dados como possibilidades concretas para o desenvolvimento econômico da região.

“O Ceará é considerado pelo Ministério da Fazenda como o mais equilibrado e o que mais investe no país, por aplicamos 13,9% da nossa receita líquida nesses investimentos. Portanto, esse encontro é fundamental para criarmos novas relações comerciais com o Japão, que já é um parceiro antigo do Brasil”, destacou o governador.

O embaixador Akira Yamada louvou a iniciativa do presidente do congresso e do governador do Ceará em promover o encontro. Mostrando entusiasmo com a realidade do estado, ele afirmou estar otimista com as possibilidades para que grandes negócios sejam fechados entre o Ceará e os empresários japoneses por meio da Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

Participaram do encontro a vice-governadora Izolda Cela, o deputado estadual Danniel Oliveira, o Cônsul Geral do Japão no Recife, Jiro Maruhashi, o presidente da ZPE Ceará, Mário Lima, secretários estaduais e empresários japoneses. Neste sábado, os integrantes da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa no Brasil fazem uma visita técnica à ZPE e ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém.
Instagram